terça-feira, agosto 01, 2017

A Beleza Eterna Feminina...

O desaparecimento da excelente actriz francesa, Jeanne Moreau, aos 89 anos, fez com que pensasse que só me lembrava dela como actriz no seu apogeu, ao ponto de ter esquecido a sua participação relativamente recente num dos filmes de Manoel de Oliveira.

Claro que isso acontece por que prefiro recordá-la, bonita e atraente, como faço com tantas outras actrizes, que continuam vivas e paradas no tempo, em tantos filmes memoráveis...

É também por isso que continuo a pensar que o cinema é a arte que melhor protege, e a espaços, "imortaliza", a beleza feminina.

Não sei quem é o autor, mas esta é a fotografia que mais gosto de Jeanne Moreau.

7 comentários:

  1. Maldita moda de perverter a sintaxe de verbos como gostar. É a fotografia "DE" que mais gosta e não a fotografia que mais gosta. Corrija em nome da língua e não publique o comentário, vá.

    ResponderEliminar
  2. Férias interrompidas por uns dias, eis-me de visita aos amigos
    também só me lembro dela nos filmes antigos.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era uma excelente actriz, Elvira.

      Eliminar
  3. Luís, tenho ideia que a tendência é guardarmos das pessoas em geral uma imagem da fase mais brilhante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Isabel.

      Mas o cinema trata muito pior (tal como a sociedade...) as actrizes de meia idade, que os actores...

      Há actores de 80 anos cheios de charme. :)

      Eliminar
  4. Muito bela esta fotografia de Jeanne Moreau.
    Um abraço, Luís.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma das que gosto mais da Jeanne Moreau, Graça.

      Eliminar